4 doenças causadas por estresse e como evitá-las

Se irritar constantemente com o que acontece na sua rotina pode provocar sérias consequências à sua saúde.

Atualmente, cerca de 70% da população mundial ativa sofre com o estresse, segundo o Relatório de Emoções produzido pela Gallup, empresa americana especializada em pesquisas de opinião.

As frequentes oscilações de humor podem alterar o seu sistema hormonal, que lançará doses extras de adrenalina e cortisol na corrente sanguínea, fazendo com que o seu corpo esteja sempre pronto para entrar em ação, ao invés disso acontecer apenas de vez em quando.

E, ao permanecer em estado de alerta, o seu organismo nunca relaxa nem descansa, favorecendo o aparecimento de diversas doenças, como:

Insônia
Transtornos alimentares
Prisão de ventre ou Síndrome do Intestino Irritável
Estafa

Muitas vezes, elas chegam de forma silenciosa e tímida, porém, prejudicam a sua saúde e comprometem a sua qualidade de vida.

Insônia
Preocupações com determinadas situações da sua vida perto do horário de dormir podem fazer com que você tenha dificuldade de pegar no sono, mesmo depois de deitar na cama.

Como o corpo permanece em estado de alerta, o seu organismo fica mais propenso à interrupções do sono durante a noite, diminuindo bastante a qualidade do seu descanso.

Duas atitudes simples podem evitar a insônia. Uma delas é reduzir alimentos estimulantes, como o café ou chocolate, pelo menos 3 horas antes de dormir.

A outra é tomar um copo de leite morno para relaxar antes de dormir.

Transtornos alimentares
Atualmente, existem vários, como, por exemplo, a compulsão alimentar ou bulimia e, durante os picos de estresse, mesmo que eles estejam controlados, os transtornos alimentares podem se agravar.

Isso acontece porque o nosso corpo fica sobrecarregado com os episódios de estresse e, em função disso, busca prazer e bem-estar através da nossa alimentação.

Então, ao perceber alterações na sua alimentação, ganho ou perda de peso, procure por um psicólogo para que ele avalie o seu caso.

Prisão de ventre
Confusão mental e sentimentos desordenados podem fazer com que o seu intestino sofra as consequências.

Você pode ficar sem evacuar por dias, lidando com a prisão de ventre ou passar a ir ao banheiro mais vezes do que o normal, como se estivesse com diarreia, o que chamamos de Síndrome do Intestino Irritável.

Mas para evitar esses mal-estares, mantenha uma alimentação saudável e não abra mão de beber água.

No caso de prisão de ventre, consuma mais fibras e exercite-se para que o seu intestino funcione todos os dias de forma natural.

Já se o seu problema for a Síndrome do Intestino Irritável, evite alimentos gordurosos e açucarados, além de cafeína e álcool.

Estafa
Se você gosta de fazer muitas coisas ao mesmo tempo e se irrita com facilidade, tenha cuidado com a estafa.

Ela é uma das doenças causadas pelo estresse que provoca dores musculares, fadiga, cansaço excessivo e, em estados mais graves, pode desencadear crises de pânico e gastrite.

Para evitar trabalhar em excesso, seja organizado. Muito da sua ansiedade pode ser reduzida se você tiver um planejamento sobre o que precisa ser feito por ordem de prioridade.

Registre tudo em uma agenda ou em um aplicativo no seu celular e consulte sempre que precisar durante o dia.

Saber o que fazer deixará o caos para trás e o direcionará para a execução, isolando a ansiedade.

Porém, se você sentir que não está conseguindo fazer essas mudanças, procure ajuda!

Um psicólogo pode auxiliá-lo a controlar melhor os seus pensamentos e também as suas emoções.

Agende uma consulta conosco agora mesmo, no conforto da sua casa. Basta pressionar aqui e acessar o nosso site.

Ou, se você preferir, também pode fazer isso pelos telefones: (31) 3408-3800 e (31) 9.8874-1796.



Deixe uma resposta

Comentários